Problemas mais comuns encontrados no processo de vistoria de imóveis

Você sabe quais são os problemas mais comuns encontrados no processo de vistoria de imóveis?

Uma Imobiliária de Carolina do Norte, nos EUA, a Get Results Realty (que chamaremos aqui de GRR), descreveu em seu método de vistoria de imóveis alguns problemas e defeitos que são comumente encontrados durante a inspeção.

Para a GRR a insepção é uma avaliação completa e sistemática da condição de um imóvel. É um exame físico completo da integridade, funcionalidade e segurança geral do imóvel e seus vários componentes. O objetivo deste processo é assegurar que as pessoas interessadas saibam exatamente o estado do imóvel para qualquer tipo de transação.​i-Vistoria - sistema para vistoria de Imóveis

No decurso de uma inspeção (dependendo do tipo do imóvel), é importante que sejam avaliados: fundação, enquadramento, telhado, forro,  drenagem do local, encanamento, aquecimento, o sistema elétrico, lareiras, chaminés, pavimentos, cercas, escadas, decks, pátios, portas, janelas, paredes, pisos, aparelhos embutidos e inúmeros outros acessórios e componentes.

Em todos os imóveis, mesmo novos, alguns defeitos de construção são inevitavelmente descobertos durante a inspeção. Todos os achados pertinentes devem ser registrados no sistema, fotografados e detalhados para a geração do relatório final para a referência e revisão dos interessados. Na GRR, após conclusão do processo, o vistoriador realiza uma apresentação verbal completa dessas condições.

Conheça agora 7 dos problemas mais comuns encontrados durante a vistoria de imóveis listados pela GRR:

1. Defeitos do telhado Problemas com o material de cobertura, seja devido ao envelhecimento e ao desgaste, seja a instalação inadequadasão comuns. Isso não significa que esses telhados precisem de substituição, mas que a maioria precisa de algum tipo de manutenção ou reparo.

2. Manchas de teto, indicador de vazamentos de telhado (antigo ou atual) O problema aqui é que muitas vezes você não pode dizer se o telhado ainda escorre, a menos que seja inspecionado em um dia chuvoso. Algumas manchas são apenas os efeitos residuais dos vazamentos que já foram reparados. Existe também a possibilidade de que as manchas do teto fossem causadas por um antigo vazamento de encanamento no forro/sótão.

3. “Invasão” de água A infiltração de água subterrânea em porões ou áreas rasas devido às condições das águas subterrâneas pode ser difícil de resolver e muitas vezes prejudicial ao imóvel. Infelizmente, as principais melhorias de drenagem são muitas vezes as únicas soluções práticas para esse tipo de problema, se fazendo necessária a orientação e acompanhamento de um especialista no assunto.

4. Riscos de segurança elétrica Perigos de segurança elétrica, especialmente (mas nem sempre) em imóveis mais antigos como: tomadas sem terra, falta de interruptores (dispositivos de proteção contra choques), condições de fiação defeituosas em painéis elétricos ou em outros locais etc. Esses problemas podem ser o resultado de erros no momento da construção, mas muitas vezes são devido reparos, fiação que foi adicionada ou alterada (emendas) por pessoas que não sejam eletricistas qualificados.

infografico

5. Madeira podre Locais onde a madeira permanece úmida por longos períodos, como beirais de telhado, guarnições exteriores, decks, banheiras e chuveiros, é muito provável que ocorra uma ação por fungos, resultando em uma condição vulgarmente conhecida como podridão seca. Se não for verificado, o dano pode se tornar extenso.

6. Condições de lareira e chaminé A falta de manutenção ou a instalação defeituosa de uma lareira ou dos dispositivos elétricos, podem ocasionar vários problemas. As lareiras autônomas muitas vezes são instaladas pelos proprietários ou por tercerizados, pessoas sem conhecimento dos requisitos de segurança contra incêndio. O espaço insuficiente entre superfícies metálicas quentes e materiais que podem entrar em combustão. O risco oculto com este tipo de instalação pode levar a um incêndio no telhado.

7. Defeitos (menores) no encanamento Estes são comumente encontrados. Incluem torneiras com gotejamento, drenos lentos, vazamentos e assim por diante.

Uma lista inacabável de problemas comuns que encontramos em um processo de vistoria provavelmente preencheria algumas páginas. Isso ressalta a importância de uma avaliação minuciosa e completa.

Dica: Faça a sua lista! Identifique quais problemas são comuns e crie um guia para servir de base para os vistoriadores. Desta forma, você irá desenvolvendo o seu manual de boas práticas para orientar e qualificar as vistorias de sua Imobiliária.
 

i-Vistoria - Aplicativo para vistoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *